Explosão mata quatro guardas afegãos

Quatro guardas afegãos que trabalhavam para uma companhia privada de construção de estradas morreram nesta quinta-feira na explosão de uma bomba na região leste do país, anunciou o ministério do Interior.

AFP |

A bomba explodiu na passagem de uma caminhonete da empresa, na qual os guardas seguiam para o sudeste da província de Paktika.

As vítimas eram civis, segundo o ministério, que atribuiu os ataque aos "inimigos da paz e da estabilidade", termos usados para mencionar os talibãs e outros insurgentes que lutam contra o governo apoiado pelas potências ocidentais.

O ataque aconteceu em uma semana especialmente violenta, na qual morreram oito soldados britânicos e americanos e dezenas de insurgentes.

str-shk/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG