Explosão mata dois soldados paquistaneses em Swat

Dois militares paquistaneses morreram nesta quarta-feira na explosão de uma bomba na passagem de seu veículo pelo vale de Swat (noroeste), onde as Forças Armadas combatem os rebeldes talibãs.

AFP |

O ataque aconteceu perto de Mingora, capital de Swat. O Exército luta para expulsar os talibãs da cidade, centro econômico e administrativo da região.

O ataque em Qambar, perto de Mingora, também deixou dois feridos e foi seguido por um combate.

Um porta-voz militar afirmou na terça-feira que o Exército controla mais da metade de Mingora, mas ainda enfrenta focos de resistência.

Quase 2,4 milhões de pessoas fugiram dos bombardeios aéreos e da ofensiva terrestre em tres distritos do noroeste, incluindo Swat.

Os militares afirmam que 1.190 talibãs e 75 soldados morreram desde o início da ofensiva em abril.

Quase 15.000 militares combatem os rebeldes, calculados entre 1.500 e 2.000, a apenas 100 km de Islamabad. No entanto, os números não podem ser verificados por fontes independentes, já que o acesso à região está fechado.

O governo não divulga números sobre vítimas civis.

sjd/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG