Um comandante da polícia morreu e um governador ficou ferido na explosão de uma bomba em Helmand, província do sul do Afeganistão.

Os dois se preparavam para uma lavagem religiosa às margens de um rio quando uma bomba acionada por controle remoto explodiu no sábado no distrito de Marja.

A explosão matou o chefe de polícia do distrito, Tor Jan, e feriu o governador Juma Gul.

As autoridades atribuíram o atentado aos talibãs, derrubados do poder no fim de 2001 por uma coalizão liderada pelos Estados Unidos.

str-sak/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.