Explosão mata 16 civis em bazar no Afeganistão, diz polícia

QANDAHAR, Afeganistão (Reuters) - Um homem-bomba matou ao menos 16 civis afegãos e deixou mais 13 feridos em um bazar nesta quinta-feira na província de Uruzgan, sul do Afeganistão, informou o chefe da polícia local. Os terroristas realizaram hoje um ataque suicida no bazar do distrito de Deh Rawud, província de Uruzgan. Como resultado, 16 civis foram mortos e 13 outros ficaram feridos, disse o gabinete do presidente afegão, Hamid Karzai.

Reuters |

Karzai condenou veementemente o ataque, acrescentou o comunicado.

Três dos mortos na explosão no distrito de Deh Rawud eram crianças e uma iniciou-se uma investigação para determinar as causas da explosão, disse à Reuters por telefone Juma Gul Himat.

O general Abdul Hameed, do Exército afegão em Uruzgan, estimou um número ainda maior de vítimas.

"O homem-bomba tinha explosivos na sua cintura. Ele foi detectado por um guarda de um mercado que fica dentro do bazar e então se explodiu, matando 20 civis inclusive o guarda", disse ele à Reuters.

(Reportagem de Ismail Sameem)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG