Um tanque de petróleo explodiu neste domingo em uma fábrica de produtos químicos em Urumqi, capital de Xinjiang (noroeste da China), sem provocar vítimas, em um aparente acidente que não tem relação com os confrontos étnicos que deixaram 186 mortos na cidade.

"Descartamos qualquer ato terrorista", declarou o vice-diretor da fábrica, Liu Jiyuan.

A explosão aconteceu durante a manhã na fábrica Shihua Gongsi, no distrito de Midong, e que pertence à China National Petroleum Corporation, o maior grupo de energia da China.

"De acordo com as investigações preliminares, ninguém ficou ferido ou morreu no local e as causas humanas foram descartadas", explica um comunicado publicado pela fábrica.

As chamas foram apagadas em 40 minutos.

mbx/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.