Tamanho do texto

(acrescenta vítimas) Pequim, 14 set (EFE).- A forte explosão registrada hoje em uma fábrica de produtos químicos no nordeste da China, que pôde ser ouvida de uma distância de 40 quilômetros, matou uma pessoa, feriu cinco e deixou duas desaparecidas, informou a agência Xinhua.

Até o momento, as equipes de resgate enviadas para o local só encontraram um corpo, o da funcionária Wang Guiyan, mas continuam buscando outras possíveis vítimas.

As primeiras informações são de que a explosão aconteceu às 5h45 deste domingo (18h45 de sábado em Brasília), em uma localidade da província de Liaoning.

Bombeiros levaram quase duas horas para debelar o incêndio que consumiu a empresa química.

A área administrativa da fábrica ficou completamente destruída.

Em seu lugar, segundo a "Xinhua", há agora um buraco de três metros de profundidade.

A instalação que foi pelos ares pertence à companhia Dengta Jinhang Petrochemical e fabrica aditivos para lubrificantes. EFE abc/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.