Uma pessoa morreu e outras 20 ficaram feridas quando uma bomba explodiu no aeroporto nacional de Bangcoc na manhã desta terça-feira (horário local), anunciaram fontes hospitalares.

O atentado no aeroporto Don Mueang aconteceu poucas horas depois de a Aliança do Povo pela Democracia (PAD), que reúne opositores ao governo do primeiro-ministro Somchai Wongsawat, ter encerrado três meses de bloqueio da sede do governo.

Um primeiro balanço listou seis feridos. "Houve um atentado com bomba em Don Mueang pouco depois da meia-noite (15h desta segunda-feira, horário de Brasília). Segundo as primeiras informações, seis pessoas ficaram feridas", declarou um porta-voz dos serviços de segurança.

Os manifestantes antigovernistas tinham decidido deixar a sede do governo devido aos ataques com granadas que mataram duas pessoas e feriram outras dezenas. Eles tinham explicado que reforçariam o bloqueio dos aeroportos de Bangcoc.

Na madrugada desta segunda-feira, um ataque com granadas contra o complexo abrigando os escritórios do primeiro-ministro feriu cerca de 50 pessoas. Ataques deste tipo mataram dois manifestantes no mês passado.

Leia mais sobre Tailândia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.