Explosão destrói hotel em Islamabad e mata pelo menos 17, diz TV

ISLAMABAD - Um possível carro-bomba causou uma enorme explosão fora do hotel Marriot, na capital paquistanesa, neste sábado, e uma emissora de televisão afirmou que pelo menos 17 pessoas morreram. Imagens da emissora mostraram corpos sendo retirados do hotel em chamas.

Redação com agências |

Já de acordo com a agência de notícias "AFP", pelo menos 27 pessoas morreram no incêndio. O número oficial ainda não foi divulgado.

AP
Carros ficam completamente destruídos em incêndio
Carros ficam completamente destruídos em incêndio

Uma testemunha da Reuters afirmou que viu chamas em pelo menos duas partes do hotel e que cerca de 20 carros estacionados na rua em frente ao hotel foram destruídos.

Imagens da televisão mostravam as chamas se espalhando para outras partes do hotel de 290 quartos e localizado perto do centro da cidade.
Testemunhas afirmam que os forros do teto do lobby do hotel e da área de jantar caíram.

O ataque aconteceu pouco depois do novo presidente do Paquistão, Asif Ali Zardari, ter feito seu primeiro pronunciamento em uma sessão conjunta do Parlamento do país.

Ele prometeu que o Paquistão não tolerará qualquer invasão de seu território em nome da luta contra o terrorismo.

*Com informações da Reuters e da AFP

Leia mais sobre: Paquistão

    Leia tudo sobre: paquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG