Explosão deixa um morto e muitos feridos no sul de Beirute

(atualiza número de vítimas e acrescenta outras versões) Beirute, 26 dez (EFE).- Pelo menos uma pessoa morreu e muitas outras ficaram feridas pela explosão de três bombas em um carro num bairro do sul de Beirute, informou a Agência Nacional de Notícias do Líbano.

EFE |

A agência libanesa, que citou fontes dos serviços de segurança, explicou que o veículo onde estavam as bombas pertencia a um dirigente do movimento islâmico palestino Hamas.

As fontes não apontaram o número certo de feridos, mas disseram que o estado de um deles é grave.

Citando fontes do Hamas, duas redes de televisão libanesas disseram que o alvo do atentado era Ali Barakeh, dirigente do movimento e que acabou ferido.

Já a rede catariana de televisão "Al Jazira" afirmou que a vítima fatal é um dirigente do Hamas, cuja identidade não foi revelada, e expressou a possibilidade de a bomba ter explodido acidentalmente.

Por sua vez, a rede de televisão "Al Arabiya" informou que a explosão aconteceu perto da casa de Abu Imad Rifai, dirigente do grupo palestino Jihad Islâmica, mas não soube dizer se ele era o alvo.

A imprensa afirmou ainda que o movimento xiita libanês Hisbolá, cujo reduto fica no sul de Beirute, bloqueou imediatamente os acessos ao local depois da explosão.

Fontes policiais consultadas pela Agência Efe disseram não ter informação sobre o incidente.

A explosão aconteceu pouco depois de o xeque Hassan Nasrallah falar aos seus seguidores por ocasião da véspera do dia de Ashura, um dos mais importantes para os xiitas. EFE.

ks/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG