Explosão deixa mortos e feridos na capital da Turquia

Possível ataque terrorista deixa 3 mortos e 15 feridos no centro de Ancara, segundo o Ministério do Interior

iG São Paulo |

Uma explosão no centro de Ancara, capital da Turquia, deixou ao menos três mortos e 15 feridos nesta terça-feira, de acordo com o Ministério do Interior. A polícia investiga se a explosão foi causada por um carro-bomba ou se explosivos foram atirados em um carro estacionado no distrito de Kizilay.

O ministro turco do Interior, Idris Naim Sahin, afirmou que é "muito provável" se tratar de um ataque terrorista. Segundo ele, o carro que explodiu foi comprado na semana passada e ainda não havia sido registrado.

EFE
Policiais observam carros destruídos após explosão em Ancara, na Turquia

Após a explosão, o fogo se alastrou e destruiu pelo menos quatro veículos que estavam estacionados ao lado. Imagens de TV mostraram vários carros em chamas e uma densa nuvem de fumaça no local, que foi isolado pela polícia.

"Nunca ouvi algo igual na minha vida", disse Adman Yavuz, que testemunhou a primeira explosão. "Depois veio outra explosão e partes de um carro começaram a cair."

Ambulâncias e caminhões de bombeiros se dirigiram ao local, onde estão localizados prédios do governo e uma escola de ensino médio. De acordo com a agência de notícias turca Dogan, uma mulher foi detida em uma rua próxima, informação que não foi confirmada por outras fontes.

Nenhum grupo assumiu responsabilidade pela explosão. Recentemente, rebeldes curdos que lutam por autonomia no sudeste da Turquia intensificaram seus ataques. Militantes islâmicos e de esquerda também já estiveram por trás de ataques no país, que é integrante da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Durante reunião em Nova York, o presidente americano, Barack Obama, ofereceu nesta terça-feira suas condolências ao premiê turco, Recep Tayyip Erdogan, pelo atentado.

O ataque "nos lembra que o terrorismo existe em muitas partes do mundo", disse o presidente americano a jornalistas nesta terça-feira. Ele também descreveu a Turquia como "um grande aliado na Otan", e agradeceu Erdogan por "todo o trabalho" feito no Afeganistão.

Cerca de 1,8 mil soldados turcos foram mobilizados ao Afeganistão como parte das Forças da Otan (Isaf).

Com AP e Reuters

    Leia tudo sobre: turquiaancaraexplosão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG