Explosão deixa 37 homens presos em mina na Ucrânia

Uma explosão na região de Donetzk deixou pelo menos 37 mineradores presos em uma mina a cerca de um quilômetro de profundidade no domingo. Eles instalavam um sistema de segurança para evitar justamente o tipo de acidente do qual acabaram como vítimas.

BBC Brasil |

No domingo, as equipes de resgate chegaram a mais de 600 metros de profundidade, mas apenas dois homens foram resgatados nesta segunda-feira. Pelo menos 21 já teriam sido encontrados, mas continuariam presos.

As tentativas de resgate correm contra o relógio, já que a mina pode ficar alagada. Na entrada da mina, parentes e amigos dos mineradores fazem vigilia.

"Esperei tantas horas por meu filho que não tenho mais forças para esperar", afirmou a mãe de uma das vítimas. "Ninguém faz nada, e o meu filho está esperando em algum lugar aqui embaixo, ou está morto."
A mina Karl Marx tinha recentemente sido considerada perigosa demais para operar ao lado de outras 20 minas na região.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG