Vinte operários morreram na explosão de uma mina de carvão em Handlova, na zona de Banska Bysrica, no centro da Eslováquia, informou nesta segunda-feira o ministro da Economia, Lubomir Jahnatek.

"Os socorristas encontraram os corpos de seis vítimas a uma distância de 65 metros do local da explosão", declarou o ministro em entrevista coletiva pouco depois das 23H30 (18H30 de Brasília).

De acordo com ele, os 14 operários cujos corpos não foram encontrados também morreram.

"A temperatura está muito elevada, o oxigênio é escasso e há uma imensa quantidade de CO2" na mina, explicou.

"Segundo os socorristas, que ainda estão debaixo da terra, estas condições não permitiram a sobrevivência de nenhum dos mineiros desaparecidos", prosseguiu.

"É muito provável que todos eles tenham morrido no momento da explosão", acrescentou.

A explosão ocorreu na manhã de hoje, devido "às condições incompatíveis" da mina afetada, disse o ministro.

Um incêndio atingiu a mina de Handlova, situada 190 km a nordeste de Bratislava, por volta das 07h00 local (02h00 Brasília), seguido pela explosão.

tab/yw/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.