Explosão deixa 14 mortos no Marrocos

Estrangeiros estão entre as vítimas do que governo considera ser um ataque terrorista na cidade de Marrakech

iG São Paulo |

AP
Explosão danifica prédio de café popular entre turistas que visitam Marrakech, no Marrocos

Uma violenta explosão em um café popular entre turistas deixou 14 mortos e 20 feridos nesta quinta-feira na cidade de Marrakech, no Marrocos. O governo considera se tratar de um ataque terrorista - e se isso for confirmado, será o atentado com mais mortos no país nos últimos oito anos.

A explosão aconteceu no café e restaurante Argana, localizado na praça Djemma el-Fna. Autoridades do Marrocos afirmaram que há estrangeiros entre as vítimas, mas não especificaram de quais países.

"Inicialmente trabalhamos com a hipótese de acidente, mas dados preliminares da investigação indicam que estamos lidando com um ato criminoso", afirmou o porta-voz do governo, Khalid Naciri.

Um turista britânico que estava próximo ao local da explosão relatou momentos de tensão. "Houve um grande barulho, muita fumaça começou a sair e destroços caíam do céu", contou Andy Birnie à agência AP. "Centenas de pessoas correram, em pânico."

O pior ataque da história do Marrocos aconteceu em 2003 em Casablanca e deixou 45 mortos - incluindo dois homens-bomba. Acredita-se que um grupo militante islâmico tenha sido responsável pelo atentado.

Com AP

    Leia tudo sobre: marrocosataqueterrorismomarrakech

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG