Explosão de trem cargueiro na Itália mata 15 pessoas

Quinze pessoas morreram na explosão de um vagão cisterna que transportava GLP (gás liquefeito de petróleo) em um trem que descarrilou próximo à estação de Viareggio, no noroeste da Itália, informou o corpo de bombeiros de Lucques, em um balanço ainda provisório.

AFP |

Entre os feridos, 36, incluindo duas crianças, com queimaduras no corpo, estão em estado grave ou muito grave.

O novo balanço dos bombeiros registra 37 feridos, em sua maioria com queimaduras graves, e quatro pessoas desaparecidas.

Três violentas explosões, seguidas de um grande incêndio, aconteceram pouco antes da meia-noite (19H00 de Brasília) na estação ferroviária situada em pleno centro desta cidade costeira de 50.000 habitantes. As deflagrações afetaram um raio de 300 metros ao redor.

Quase 1.000 pessoas foram evacuadas por motivos de segurança de quatro ou cinco edifícios afetados pela onda expansiva das explosões, informou o prefeito de Viareggio, Luca Lunardini.

Dois prédios desabaram na área.

Um dos edifícios que desabou tinha provavelmente 18 pessoas dentro e várias sobreviveram, mas as autoridades temem que algumas permaneçam sob os escombros, informou à AFP o comandante do corpo de bombeiros, Antonio Gambardella.

jflm/LR/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG