Explosão de míssil do Afeganistão deixa 4 mortos

Cabul, 25 dez (EFE).- Quatro funcionários de uma empresa de construção de estradas morreram e dois ficaram feridos na explosão de um míssil na província de Kunar, no leste do Afeganistão, informou hoje à Agência Efe o diretor da companhia, Haseeb Karimzai.

EFE |

"Um míssil lançado de um lugar desconhecido atingiu a estrada, perto do lance no qual estavam trabalhando", disse o responsável da Companhia Afegã de Construção de Estradas, que explicou que o ataque aconteceu na noite de quarta-feira em Souki.

O chefe da Polícia provincial, Abdul Jalal Jalal, confirmou à Efe o atentado, o qual qualificou como "um trabalho dos inimigos do Afeganistão", expressão freqüentemente utilizada pelas autoridades afegãs para se referir aos talibãs.

No entanto, Karimzai responsabilizou as tropas da coalizão liderada pelos Estados Unidos do lançamento do míssil.

Em um outro episódio, um soldado da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), sob comando da Organização do Tratado do Atlântico do Norte (Otan), morreu na quarta-feira à noite em um ataque no sul do país, informou hoje a organização militar em comunicado.

"Estamos tristes com a morte deste corajoso servidor e nossas profundas condolências são para sua família e seus entes queridos" disse um porta-voz da Isaf, o capitão Mark Windsor.

A fonte não especifica a província na qual ocorreu o incidente, nem a nacionalidade da vítima. EFE lo/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG