Tamanho do texto

Seis soldados turcos morreram e oito ficaram feridos, um deles gravemente, na explosão de uma mina na região sudeste da Turquia, em uma ação atribuída aos rebeldes curdos.

A mina, que teria sido colocada no local por rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, ilegal), explodiu na passagem de uma viatura militar pela estrada próxima da cidade de Cukurca, na fronteira com o Iraque.

O PKK utiliza com frequência minas, ativadas regularmente a distância, nos ataques contra as forças de segurança turcas.

No dia 29 de abril, nove soldados turcos morreram em um ataque similar.

O PKK, organização classificada como terrorista por Turquia, União Europeia e Estados Unidos, iniciou em 1984 uma campanha armada para obter a autonomia do sudeste turco.

O conflito já provocou 45.000 mortes, segundo o Exército.

str-ba/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.