Explosão de mina deixa três soldados turcos mortos e dois feridos

Ancara, 30 mar (EFE).- Três soldados turcos morreram e outros dois ficaram feridos após a explosão de uma mina na província de Hakkari, sudeste do país, atribuída aos rebeldes curdos do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

EFE |

A televisão turca informou que a explosão ocorreu quando um grupo de soldados efetuava uma patrulha noturna de rastreamento na zona rural de Cukurca, uma localidade de Hakkari.

Os dois militares feridos foram hospitalizados em Hakkari enquanto era realizada uma operação de castigo contra o PKK, considerado responsável por ter colocado a mina na região, povoada pela minoria curda.

No início do mês, dirigentes do PKK com base no norte do Iraque tinham ameaçado intensificar os ataques com a chegada da primavera (que teve início na última semana), o que traz melhores condições para movimentação no território do sudeste turco.

O PKK pegou em armas em 1984 para conseguir a autodeterminação de 12 milhões de curdos na Turquia. Desde então, mais de 45 mil pessoas morreram em uma guerra não declarada entre o grupo e as forças de segurança turcas.

    Leia tudo sobre: turquia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG