Explosão de mina deixa 7 civis mortos no sul do Afeganistão

Cabul, 24 jun (EFE).- Pelo menos sete civis morreram e outros quatro ficaram feridos hoje na explosão de uma mina na província afegã de Helmand (sul), onde as tropas britânicas iniciaram uma grande operação contra os talibãs.

EFE |

A informação, que partiu do Ministério do Interior afegão em comunicado e foi divulgada pela agência local "AIP", dá conta de que as vítimas morreram quando uma bomba explodiu durante a passagem do veículo em que estavam, na cidade de Lashkargah, capital de Helmand.

Na mesma província, um civil faleceu recentemente ao ser atingido por disparos de soldados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

As tropas estrangeiras estavam realizando uma operação no distrito de Balbaji no último dia 21 quando um veículo se aproximou dos soldados "acelerando", e os agentes atiraram para o ar para que o motorista parasse.

No entanto, o civil afegão "ignorou" as ordens e continuou avançando.

Os militares suspeitaram de que se tratava de um veículo "com um suicida" em seu interior e dispararam contra o carro, segundo comunicado da Força Internacional de Assistência à Segurança no Afeganistão (Isaf), missão sob comando da Otan.

Este foi o primeiro morto civil no distrito de Balbaji reconhecido pela Isaf desde que, no último dia 19, a Otan lançou grande ofensiva contra a insurgência local.

Pelo menos 25 supostos talibãs morreram durante essa operação, da qual fazem parte cerca de 500 soldados e que tem o objetivo de recuperar zonas estratégicas controladas pelos talibãs ao norte de Lashkargah, informou hoje à Agência Efe o porta-voz do Ministério da Defesa afegão, Zahir Azimi. EFE nh/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG