Explosão de helicóptero da Otan mata ao menos 2 no Afeganistão

Transporte levava 26 pessoas a bordo. Causa do acidente é desconhecida

EFE |

CABUL - Pelo menos duas pessoas morreram hoje e outras dez ficaram feridas no leste do Afeganistão com a explosão de um helicóptero da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), informou a entidade em comunicado.

Na nota, a Força Internacional de Assistência para a Segurança (Isaf) - vinculada à Otan - explicou que a explosão ocorreu dentro do helicóptero, que levava 26 pessoas a bordo, por causas ainda "desconhecidas" quando a aeronave já tinha aterrissado.

Segundo a Isaf, membros das tropas afegãs e estrangeiras estabeleceram um perímetro de segurança na área do acidente e levaram os feridos a um hospital da organização. A força da Otan não detalhou o lugar específico do incidente nem a nacionalidade dos mortos, mas anunciou a abertura de uma investigação para determinar as causas do ocorrido.

Em 21 de setembro, nove soldados da Otan morreram na queda do helicóptero no qual estavam a bordo, no sul do Afeganistão. A organização militar utiliza regularmente este tipo de aeronave para transportar suas tropas e vítimas tanto militares como civis.

* Com EFE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG