Explosão de granada na Colômbia mata 5 e deixa 65 feridos

BOGOTÁ - Cinco pessoas morreram e 65 ficaram feridas em uma explosão de uma granada em um estabelecimento público indígena no nordeste da Colômbia, onde cerca de 150 pessoas comemoravam o Ano Novo, informou nesta quinta-feira a Polícia Nacional.

Reuters |


A explosão aconteceu na quarta-feira antes da meia-noite, no vilarejo de Atánquez, perto da cidade de Valledupar, a capital do departamento de Cesar, disse o diretor de segurança cidadã da polícia, general Orlando Páez.

O incidente foi o mais grave registrado na Colômbia durante as celebrações de Ano Novo. No país inteiro, 54 pessoas morreram de forma violenta durante as comemorações, de acordo com estatísticas da polícia.

Páez investiga se a granada caiu das mãos de um homem que a carregava ou se ela foi jogada intencionalmente.

A polícia ofereceu uma recompensa de US$ 10 mil por informações que permitam identificar e capturar o responsável pela tragédia.

Algumas das vítimas eram indígenas da etnia Kankuana, que habitam a Serra Nevada de Santa Marta.

Os feridos foram levados para hospitais da cidade de Valledupar, onde receberam cuidados médicos.

    Leia tudo sobre: méxico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG