Nova Délhi, 20 jul (EFE).- Pelo menos seis pessoas ficaram feridas hoje, entre elas um turista, quando um grupo de insurgentes islamitas lançou uma granada em uma localidade adjacente a Srinagar, a capital da região da Caxemira (noroeste da Índia), informou uma fonte oficial.

A explosão ocorreu em Gulmarg, ao norte de Srinagar, quando um fundamentalista lançou uma granada contra um posto paramilitar e o artefato explodiu na rua, ferindo cinco moradores e um turista, segundo a fonte, citada pela agência "PTI".

Também hoje, um comandante do Exército indiano e um policial morreram em um tiroteio com o grupo separatista Lashkar-e-Toiba (LeT) no distrito de Rajouri, na Caxemira indiana.

A violência se intensificou nos últimos dias nesta conflituosa região perante a celebração, amanhã, da quinta rodada de diálogo entre Nova Délhi e Islamabad, que se centrará em achar medidas para garantir o cessar-fogo na Linha de Controle que separa os dois lados da Caxemira.

Na Caxemira indiana continuam operando alguns grupos armados que reivindicam a independência da Caxemira e outros que exigem sua anexação ao Paquistão.

A Índia e Paquistão disputam a região da Caxemira desde a partilha do território, em 1947. EFE amp/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.