Dushanbe, 19 set (EFE) - Duas crianças morreram e outras três ficaram feridas ao manipular uma granada de mão que tinham achado em um depósito, informou hoje a Promotoria do local, que fica 180 quilômetros ao sul da capital tajique, Dushanbe. Um grupo de estudantes da localidade de Sarichashma encontrou uma granada em um depósito, a qual explodiu quando elas tentaram manipulá-la. Dois menores morreram e outras três crianças foram levadas ao hospital com ferimentos de diversa consideração, especificou uma fonte que não quis ser identificada.

Os dois mortos tinham oito e onze anos, enquanto os três feridos têm entre quatro e sete anos, acrescentou.

"Foi iniciada uma investigação para determinar como a granada chegou ao depósito", disse.

As crianças somam aproximadamente 30% das vítimas das granadas de mão, artefatos explosivos e minas abandonadas no Tadjiquistão após a guerra civil que, entre 1992 e 1997, causou 100 mil mortos e deixou o país em ruínas.

Em abril, a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) informou que este ano destinará 330 mil euros para retirar minas de 20 milhões de metros quadrados de território tadjique. EFE gln/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.