Explosão de granada em prédio deixa pelo menos 3 mortos em Caracas

Caracas, 21 set (EFE) - Pelo menos três pessoas morreram e 19 ficaram feridas em um populoso bairro da capital venezuelana após a explosão de uma granada ativada por um homem que posteriormente se suicidou, informou hoje a imprensa local.

EFE |

O fato ocorreu neste sábado em um dos edifícios da paróquia 23 de enero, no oeste de Caracas, quando Jeferson José Urbano, de 23 anos, lançou a granada do oitavo andar do edifício e depois se jogou.

Segundo a versão da imprensa local, a granada explodiu perto de um grupo de idosos que estava reunido no térreo do edifício, o que causou a morte de dois deles e feriu outros 19.

A Polícia científica e a Polícia política (Disip) averiguam o caso, e buscam determinar como o jovem suicida obteve a granada, disseram porta-vozes desses corpos de segurança à imprensa local.

EFE gf/ab/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG