Explosão de granada em bar de karaokê mata 2 nas Filipinas

Zamboanga (Filipinas), 17 mar (EFE).- Pelo menos duas pessoas morreram e três ficaram feridas na explosão de uma granada em um bar de karaokê no sul das Filipinas, informaram hoje fontes policiais.

EFE |

O ataque ocorreu na noite de segunda-feira (hora local), perto do porto da ilha de Jolo, mil quilômetros ao sul da capital, onde um desconhecido atirou o explosivo contra o estabelecimento antes de fugir, segundo uma fonte da Polícia provincial.

As forças de segurança não descartam que se trate de uma vingança pessoal, mas creem que o ataque foi cometido pela organização extremista Abu Sayyaf para desviar a atenção do assédio que tem sofrido nas últimas horas por parte dos militares filipinos.

Na segunda-feira, um franco-atirador do Exército feriu Albader Parad, chefe do grupo de rebeldes que mantém sequestrados três voluntários da Cruz Vermelha Internacional, entre eles dois estrangeiros.

Os três -um italiano, um suíço e uma filipina- foram raptados em 15 de janeiro e os sequestradores afirmam que só os libertarão após as tropas governamentais se retirarem do sul do arquipélago. EFE rp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG