Explosão de granada contra manifestantes na Tailândia mata 1 e fere 20

Bangcoc, 2 dez (EFE) - Pelo menos uma pessoa morreu e outras 20 ficaram feridas após a explosão de uma granada atirada hoje contra manifestantes antigovernamentais concentrados perto do aeroporto de Bangcoc, informaram fontes policiais.

EFE |

A explosão aconteceu de madrugada, quando desconhecidos lançaram uma granada de uma passagem elevada da rodovia que leva ao aeroporto de Don Muang e perto do terminal, que desde quinta-feira passada está ocupado pelos manifestantes.

Os feridos, cinco deles em estado grave, foram levados a diferentes hospitais de Bangcoc.

Um dos dirigentes da Aliança do Povo para a Democracia, Chamlong Srimuang, pediu nesta segunda-feira aos manifestantes que deixem a sede do Governo que ocupavam desde agosto em resposta à falta de proteção contra os ataques de adversários políticos.

Os seguidores da Aliança, organizadora dos protestos, ocupam desde quarta-feira passada os dois aeroportos da capital com a finalidade de forçar a renúncia do Governo do primeiro-ministro Somchai Wongsawat.

O Tribunal Constitucional prevê concluir hoje as deliberações do julgamento ao qual foi submetido por fraude eleitoral o Partido do Poder do Povo (PPP), liderado pelo premiê, e antecipar o anúncio da decisão.

No caso de o PPP, núcleo de uma coalizão formada por seis partidos, ser declarado culpado, a legenda deverá ser dissolvida e seus líderes inabilitados para a função pública. EFE grc/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG