Explosão de caminhão com gasolina mata pelo menos 200 no Congo

Muitos morreram tentando roubar combustível do veículo. Chamas se alastraram para aldeia com casas de palha e terra

EFE |

Cerca de 200 pessoas morreram em decorrência da explosão de um caminhão-tanque carregado de gasolina que tombou no leste da República Democrática do Congo (RDC) informaram neste sábado as autoridades da província de Kivu Sul.

O incidente, que aconteceu na noite desta sexta-feira, foi mais grave porque várias pessoas tentavam saquear a gasolina que se espalhava pelo chão com pequenos vasilhames quando aconteceu a explosão.

Segundo um porta-voz do Governo provincial, até o momento foram contabilizadas mais de 200 mortes e 212 feridos. O motorista do caminhão, que era procedente da Tanzânia, ficou ferido, mas saiu com vida da explosão e do incêndio.

Segundo as autoridades, entre corpos carbonizados pela explosão poderiam estar os de vários soldados da Missão das Nações Unidas para a Estabilidade do Congo (Monusco), informação ainda não confirmada.

O incêndio causado pela explosão na localidade, entre Bukavu, a capital de Kivu Sul, e a localidade de Uvira, foi controlado, segundo as autoridades. Dos feridos, alguns são atendidos no centro médico de Sange e outros foram transferidos ao hospital de Uvira.

    Leia tudo sobre: congoincêndiogasolina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG