Explosão de bomba mata 10 policiais no Afeganistão

Nenhum grupo assumiu o atentado

EFE |

Dez policiais morreram pela explosão de uma bomba ativada por supostos insurgentes no sudeste do Afeganistão, informaram nesta quarta-feira fontes policiais citadas pela agência afegã "AIP".

O atentado ocorreu nesta terça-feira no distrito de Waghaz, situado na província de Ghazni, e causou a morte do chefe policial distrital, Muhammad Juma Khan, de acordo com o comissário regional, Zrawar Khan Zahid.

As vítimas, que seguiam em uma patrulha, tinham recebido informações sobre a presença de supostos insurgentes talibans em uma casa na região, explicou Zahid. "Ao chegar, vários homens armados dispararam do interior da casa e depois fugiram.

Quando o chefe da Polícia entrou na casa, os inimigos detonaram por controle remoto uma carga explosiva instalada no pátio do imóvel", acrescentou.

Segundo a agência afegã "AIP", nenhum grupo assumiu a autoria do atentado, ocorrido no mesmo dia em que um terrorista suicida matou em Cabul o ex-presidente afegão Burhanuddin Rabbani, atual mediador do Governo para as negociações de paz.

    Leia tudo sobre: AFEGANISTÃO ATENTADO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG