Explosão de bomba em ônibus deixa 27 feridos nas Filipinas

Zamboanga (Filipinas), 24 jul (EFE).- Pelo menos 27 pessoas ficaram feridas hoje devido à explosão de uma bomba em um ônibus do transporte coletivo que estava em uma estação na província de Davao do Sul, em Mindanao, no sul das Filipinas, disseram fontes policiais.

EFE |

Estas fontes afirmaram que não houve mortos, como tinha informado o Exército antes.

O diretor da Polícia de Mindanao Andres Caro, atribuiu a explosão a um grupo que pratica extorsões a empresários, e disse que a composição da bomba é semelhante à usada pelo grupo Al-Khobar em outros crimes.

A bomba colocada no ônibus, que vinha da cidade de Bansalan, explodiu por volta das 11h50 (0h50 de Brasília), quando o veículo se encontrava na estação da cidade de Digos, cerca de 1.000 quilômetros ao sul de Manila.

A princípio, o Exército achou que era um atentado terrorista e o atribuiu ao Novo Exército do Povo (NEP), o braço armado do ilegal Partido Comunista das Filipinas.

O Governo decidiu na terça-feira passada mobilizar mais tropas na ilha de Mindanao diante do aumento dos ataques dos rebeldes comunistas contra alvos civis. EFE rp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG