Explosão de bomba em hotel deixa mortos nas Filipinas

Pelo menos três pessoas morreram e outras 23 ficaram feridas na cidade de Zamboanga, no sul do país

EFE |

Pelo menos três pessoas morreram e outras 23 ficaram feridas neste domingo em um atentado a bomba em um hotel situado na conflituosa região sul das Filipinas , informa nesta segunda-feira a imprensa local. A explosão ocorreu destruiu um dos edifícios do hotel Atilano Pension House na cidade de Zamboanga, na ilha de Mindanao, onde estavam hospedados os convidados de um casamento. Os três mortos eram um convidado do casamento, uma mulher e um soldado.

EFE
Fachada do hotel, localizado no sul do país, ficou destruída após a explosão

Zamboanga foi atingida recentemente por vários atentados realizados pela guerrilha separatista Frente Moro de Libertação Islâmica (FMLI) e pelo grupo terrorista de Abu Sayyaf. O governo e o FMLI retomaram as conversas de paz em fevereiro e, desde então, o grupo rebelde sofreu cisões de comandos que se negam a renunciar à independência da zona de influência muçulmana no sul das Filipinas.

O FMLI surgiu em 1984 de uma divisão similar no seio da Frente Moro de Libertação Nacional. A organização conta atualmente com cerca de 12 mil militantes. Quase quatro décadas de conflito étnico, religioso e tribal relacionado aos grupos rebeldes causaram milhares de mortes e deixaram cerca de 2 milhões de refugiados em uma das áreas mais pobres do arquipélago.

    Leia tudo sobre: filipinasataque a bombaexplosão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG