Explosão de bomba em acesso a delegacia deixa 1 ferido em Santiago do Chile

Santiago do Chile, 16 set (EFE).- Um carabineiro teve lesões auditivas hoje devido à explosão de uma bomba que desconhecidos colocaram em um dos acessos a uma delegacia de Santiago, informaram fontes policiais.

EFE |

O atentado aconteceu minutos após a meia-noite (1h de Brasília) e afetou a 3ª Delegacia de Carabineiros, situada a poucas quadras do Palácio de La Moneda, onde algumas horas antes tinha terminado a reunião da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), que falou sobre a crise da Bolívia.

O general de Carabineiros José Ortega disse à rádio "Cooperativa", que os líderes não correram perigo, já que "estamos falando de quatro a cinco quadras do lugar, e os presidentes se retiraram muito antes que isso acontecesse".

A bomba foi colocada dentro de uma lata de lixo da rua San Martín, junto a uma entrada lateral da delegacia. A explosão, que provocou uma densa nuvem de fumaça, quebrou vidros e causou danos menores no portão do quartel e em edifícios vizinhos.

Até agora, nenhum grupo assumiu a autoria da ação. EFE ns/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG