Explosão de bomba deixa dois soldados da Otan mortos no Afeganistão

Cabul, 7 mai (EFE).- A explosão de uma bomba durante a passagem de uma patrulha em um posto fronteiriço no leste do Afeganistão causou a morte de dois soldados da Otan e de um civil, afirma um comunicado da Aliança Atlântica.

EFE |

Outros dois militares da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), sob comando da Otan, ficaram feridos na explosão, que aconteceu no distrito de Sabari, que fica na província de Khost, diz a nota.

A Isaf não especificou a nacionalidade dos soldados mortos, já que costuma ceder esta prerrogativa ao Governo correspondente, embora a região, que fica perto da fronteira com o Paquistão, conta com uma forte presença de militares americanos.

Os feridos foram transferidos para um centro médico da Isaf, onde estão sendo atendidos.

"Ofereço minhas sinceras condolências às famílias e amigos dos mortos e feridos pela explosão", declarou na nota um porta-voz da Isaf, o general Carlos Branco.

Na mesma província de Khost, duas pessoas morreram hoje e uma ficou ferida após a explosão de uma mina durante a passagem de um veículo policial. EFE lo/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG