Exploradores encontram 3,3 toneladas de moedas em navio afundado na 2ª Guerra

Embarcação encontrada seria o Nishima Maru 10, cargueiro japonês afundado por forças norte-americanas em julho de 1945

EFE |

Uma empresa de prospecção submarina encontrou em águas sul-coreanas do Mar Amarelo um navio japonês afundado durante a Segunda Guerra Mundial com 3,3 toneladas de moedas que poderiam ter grande valor, informa nesta quinta-feira o jornal "JoongAng Ilbo". A companhia Sea Love, baseada na cidade sul-coreana de Boryeong, empreendeu as buscas em fevereiro.

O navio em questão seria o Nishima Maru 10, um cargueiro de madeira de 253 toneladas afundado pelas forças americanas em 2 de julho de 1945, durante a Segunda Guerra Mundial. Segundo o jornal, os técnicos ainda fazem buscas entre os restos do navio, localizado no fundo do mar próximo ao litoral da ilha de Seonyu, com a esperança de encontrar até dez toneladas de valiosos lingotes de ouro.

No entanto, só com as moedas encontradas, eles calculam que poderiam obter cerca de 5 bilhões de wons (R$ 7,33 milhões). As moedas, cunhadas na China entre os anos 1920 e 1930, estavam guardadas em caixas de madeira apodrecidas, explica Pyun Do-young, proprietário da empresa, em entrevista ao jornal. Por lei, a empresa Sea Love deverá entregar 20% do tesouro extraído ao Governo sul-coreano caso não o proprietário do navio não apareça.

Embora os especialistas ainda não tenham calculado o valor das moedas, o fato de que a maioria delas seja de níquel as torna mais valiosas do que se fossem de prata. Pyun afirma que, antes do fim da Segunda Guerra Mundial, altos funcionários do governo japonês, prevendo uma derrota no conflito, passaram a roubar ouro, artefatos, joias e minerais da China e do Sudeste Asiático em navios privados, tais como o Nishima Maru.

O jornal indica ainda que este cargueiro poderia ter transportado o chamado "Tesouro de Yamashita", um botim de ouro supostamente roubado pelo general japonês Tomoyuki Yamashita no Sudeste Asiático, que poderia chegar a dez toneladas de ouro, estimadas em torno de R$ 733 milhões.

Os pesquisadores da companhia Sea Love estudaram registros públicos sobre os bombardeios americanos durante a guerra, mas ainda terão de analisar o navio encontrado para confirmar se ele realmente é o Nishima Maru.

    Leia tudo sobre: COREIA DO SULNAVIOSEGUNDA GUERRAMAR AMARELOJAPÃO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG