Ex-pastor vai à Justiça por usar dinheiro de igreja com cirurgia

Nova York, 7 abr (EFE).- As autoridades de Nova York acusaram um ex-pastor protestante de roubar de sua paróquia quase US$ 85 mil nos últimos três anos e de usar o dinheiro para comprar roupas caras e pagar uma cirurgia plástica e injeções de toxina botulínica, informou hoje um jornal local.

EFE |

William Blasingame, de 66 anos e que em janeiro deixou o posto de líder da igreja St. Paul Memorial, no condado de Staten Island (Nova York), "roubou US$ 84.537 da paróquia há três anos, segundo dados das autoridades", noticia o "The Staten Island Advice".

O ex-pastor, que foi acusado de furto e posse de propriedades roubadas, vai se apresentar à Justiça em maio. Se for declarado culpado, poderá pegar até 15 anos de prisão.

Blasingame, diz o jornal, fraudava as contas bancárias da paróquia, sobretudo as relacionadas às doações dos fiéis, e preenchia cheques que o beneficiavam.

Além disso, pagava mensalidades de clubes dos quais era sócio, o seguro de seu carro, roupas caras e remédios que comprava pela internet. EFE emm/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG