Tamanho do texto

Helsinque, 31 dez (EFE).- A ex-mulher do homem que supostamente abriu fogo em um centro comercial da cidade finlandesa de Espoo, nos arredores de Helsinque, matando pelo menos quatro pessoas, foi encontrada morta em sua casa.

Fontes policiais informaram que o suposto assassino, um homem kosovar de 43 anos com antecedentes criminais, fugiu depois de ter assassinado a tiros três homens e uma mulher em Espoo. EFE gc-jg/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.