Ex-modelo brasileira é encontrada morta na Itália

Ex-namorado teria assassinado amazonense de 50 anos e se suicidado horas depois

iG São Paulo |

A ex-modelo amazonense Maria de Assis Cybele Johnson, 50 anos, foi encontrada morta em sua casa em Módena, na Itália, na terça-feira. Ela teria sido morta por seu ex-namorado, o contador aposentado Stefano Tassoni, 61 anos, que teria se suicidado horas depois.

Segundo um familiar da ex-modelo, ouvido pela Agência Estado, o corpo deve chegar a Manaus até a sexta-feira para ser velado e enterrado. De acordo com este parente, que não quis se identificar, Tassoni teria ligado para a mãe de Maria, Cibele, para avisar que tinha assassinado sua filha na manhã de terça-feira.

Tassoni ainda teria enviado mensagens pelo celular avisando que teria assassinado Cybele para amigos. Um deles avisou a polícia, mas a ex-modelo foi encontrada morta. Tassoni teria se suicidado em sua casa, em Bolonha, a cerca de duas horas de Módena. Segundo o site do jornal italiano "Corriere di Bologna", Tassoni teria se suicidado com a mesma arma com que teria supostamente matado a ex-modelo assim que policiais chegaram a sua casa.

Amigo próximo da ex-modelo, o colunista social de Manaus Pedrinho Aguiar cobriu há um mês a festa dos 50 anos de Maria de Assis, que era conhecida como Cybele Johnson, em Manaus.

"Ela estava radiante como sempre. Mas estava magoada com a história do ex-namorado, que era casado. Ela tinha terminado o namoro e queria seguir sua vida, só que ele não aceitava o fim do relacionamento", contou.

Com AE

    Leia tudo sobre: itáliaassassinatobrasileira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG