Ex-ministro lança candidatura à Presidência da Bolívia

La Paz, 22 mai (EFE).- O ex-ministro boliviano de Trabalho Hugo San Martín lançou hoje na cidade de Cochabamba sua candidatura à Presidência do país para as eleições de 6 de dezembro, nas quais o atual chefe de Estado, Evo Morales, tentará a reeleição.

EFE |

San Martín foi ministro durante o primeiro Governo de Gonzalo Sánchez de Lozada (1993-1997), e também atuou como deputado pelo partido desse ex-governante e, mais tarde, respaldou o ex-presidente Carlos Mesa (2003-2005).

Em Cochabamba, o político anunciou a criação, junto a outros ex-colaboradores de Carlos Mesa, do partido político Alternativa pela Verdadeira Mudança Democrática.

O candidato disse que essa legenda pretende ser uma alternativa de centro e de mudança e "um instrumento de forte incentivo que busca coesão com base em critérios de unidade do país".

San Martín assegurou não compartilhar a forma de aplicar a mudança do Governo Morales, através da "intimidação e da violência", e defendeu a necessidade de "profundas transformações no social e no econômico com base no estado de direito".

Além de Morales, também concorre o opositor e ex-vice-presidente Víctor Hugo Cárdenas, que governou com Sánchez de Lozada no primeiro mandato desse.

Outros aspirantes são o dirigente camponês Alejo Véliz e o prefeito da cidade de Potosí, René Joaquino, ambos quíchuas. EFE lav/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG