Ex-ministro do Trabalho é eleito presidente dos social-democratas na Alemanha

Berlim, 18 out (EFE).- O ex-ministro do Trabalho da Alemanha Franz Müntefering foi eleito hoje presidente do Partido Social-Democrata Alemão (SPD), sucedendo assim Kurt Beck, que renunciou em setembro por falta de apoio interno.

EFE |

Müntefering obteve o apoio de 85% dos 500 delegados presentes no congresso extraordinário.

Esta é a segunda vez na qual o ex-ministro e ex-vice-chanceler dirige a legenda, pois em 2004 substituiu o então chanceler Gerhard Schröder à frente do partido, quando recebeu 95,1% de apoio.

Em seu discurso de apresentação tentou encorajar as bases ao dizer que seu partido tem as receitas para devolver confiança ao cidadão e superar a crise financeira internacional.

"As idéias que prosperaram na história são as sociais e democráticas, além da filosofia de organizar a solidariedade dentro de um Estado social", declarou Müntefering O congresso designou também o ministro de Assuntos Exteriores e atual vice-chanceler, Frank-Walter Steinmeier, como candidato à Chancelaria para as eleições legislativas de 2009.

Steinmeier obteve o apoio de 95,1% dos delegados, dois pontos percentuais a mais do que o chanceler Gerhard Schröder quando se apresentou pela segunda vez ao cargo em 2005.

Em seu discurso de apresentação, Steinmeier buscou lançar uma mensagem de coesão ao assegurar que a crise interna está superada.

"Muitos tinham nos dado por acabados, mas estamos de volta", declarou.

Em seu discurso ele também defendeu uma "globalização política" que conte com um G8 (os sete países mais desenvolvidos do mundo e a Rússia) ampliado aos países emergentes e no qual haja uma cooperação profunda entre todos os países. EFE ih/ab/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG