Ex-ministro da Inteligência é o novo procurador-geral iraniano

Teerã, 24 ago (EFE).- O ex-ministro iraniano de Inteligência Gholam Hussein Mohseni-Ejei foi designado novo procurador-geral do Estado, informou hoje a imprensa local.

EFE |

Mohseni-Ejei, que foi destituído após os protestos e distúrbios ocorridos no Irã após as eleições presidenciais de 12 de junho, substitui no cargo Qorban Ali Dori Najafabadi.

O ex-responsável de Inteligência foi um dos ministros que protestaram em julho contra a decisão do reeleito presidente, Mahmoud Ahmadinejad, de designar como primeiro vice-presidente Esfandiar Rahim Mashaei, condenado por um tribunal a dois meses de inabilitação por corrupção.

O presidente teve que voltar atrás, depois que a escolha teve a rejeição do próprio líder supremo da Revolução iraniana, aiatolá Ali Khamenei.

Na segunda-feira, o novo chefe do Poder Judiciário, aiatolá Sadeq Larijani, também nomeou o aiatolá Ahmad Mohseni Gorgani como novo presidente do Tribunal Supremo. EFE jm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG