Ex-ministro da Fazenda voltará ao cargo no Governo de Lugo

Assunção, 2 mai (EFE) - O economista Dionisio Borda, ministro da Fazenda do Paraguai nos dois anos iniciais do atual Governo, é o primeiro membro do Gabinete confirmado para o mesmo cargo pelo presidente eleito, Fernando Lugo. Conversamos bastante com Dionisio Borda (...

EFE |

) e para nós é uma honra tê-lo (no Gabinete), ele já está" confirmado, afirmou Lugo na noite desta quinta-feira em um programa de televisão.

Borda, que esteve à frente do Ministério da Fazenda nos 21 primeiros meses do Governo do atual presidente paraguaio, Nicanor Duarte, tinha herdado uma delicada situação financeira, com o país à beira da interrupção dos pagamentos.

Para evitar isso, foi necessário firmar um acordo de contingência com o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Depois, Borda encarou a reforma tributária, parcialmente estagnada, e, durante sua gestão, houve aumento de receita e, em contrapartida, a evasão fiscal diminuiu, mas a reforma do Estado ficou pendente.

Seu afastamento, em maio de 2005, aconteceu em conseqüência de diferenças com a então presidente do Banco Central, Monica Pérez.

Lugo, de 56 anos, assumirá a Presidência em 15 de agosto. Ele foi eleito em 20 de abril à frente de uma coalizão de um leque amplo de ideologias, que significou a saída do poder do Partido Colorado, após 61 anos. EFE lb/wr/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG