Paris, 9 set (EFE).- A ex-ministra de Assuntos Exteriores da Geórgia Salomé Zourabichvili denunciou hoje a limpeza étnica realizada na Abkházia e na Ossétia do Sul, onde, segundo ela, não resta um só georgiano.

Em uma entrevista à emissora francesa "Europe 1", a ex-ministra declarou que "houve uma fuga total" da população de origem e etnia georgiana nos dois territórios.

O Governo da Geórgia acusou a Rússia na segunda-feira perante a Corte Internacional de Justiça de realizar uma limpeza étnica na Ossétia do Sul e na Abkházia.

Tbilisi acusa Moscou de "violência psicológica" sobre georgianos, de ataques a suas casas e propriedades e do deslocamento de 128.000 pessoas de etnia georgiana desde agosto, além dos deslocamentos forçados de 300.000 georgianos desde os anos 90. EFE pdp/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.