Ex-ministra argentina terá que devolver US$ 850.000 ao fisco

A ex-ministra María Julia Alsogaray terá que devolver ao fisco argentino 850.000 dólares obtidos de forma ilícita quando integrava o governo Carlos Menem (1989-1999), segundo decisão da justiça, informou um funcionário nesta sexta-feira.

AFP |

Alsogaray, de 66 anos, deverá devolver ao Tesouro 3,2 milhões de pesos que embolsou ilegalmente durante sua passagem por altos cargos da função pública.

Conhecida como 'Dama de ferro' por ter-se identificado política e pessoalmente com a ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher, ela chegou a ficar presa por 21 meses entre 2003 e 2005, por corrupção.

Filha do falecido economista Alvaro Alsogaray, líder histórico da direita conservadora argentina durante três décadas, até o final do século XX, Alsogaray atuou como interventora na privatização da empresa estatal de telefones e na de aço, a Somisa.

Apelidada popularmente "Merijuli", com a pronúncia inglesa, ela chegou a possuir dois apartamentos de luxo num prédio com frente para o Central Park de Nova York.

dm/ls/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG