Ex-líder foragido Radovan Karadzic é preso na Sérvia

BELGRADO (Reuters) - O ex-líder sérvo-bósnio Radovan Karadzic, um dos homens mais procurados do mundo, foi preso na Sérvia, informou o gabinete do presidente Boris Tadic em um comunicado na segunda-feira. Karadzic foi localizado e preso, informou o comunicado. Ele foi detido e levado diante de juízes do tribunal de crimes de guerra.

Reuters |

Karadzic foi condenado duas vezes por genocídio pelo tribunal de crimes de guerra das Nações Unidas em Haia. A primeira, em julho de 1995, por causa do sítio de 43 meses a Sarajevo, que causou 12 mil mortes.

A segunda condenação ocorreu quatro meses depois, por planejar o massacre de 8.000 muçulmanos em Srebrenica, na pior atrocidade registrada na Europa desde a Segunda Guerra Mundial.

Ele entrou na clandestinidade em 1997.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG