Ex-guerrilheiro reitera que Farc recebem proteção na Venezuela

Bogotá, 27 set (EFE).- Um desmobilizado das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) reiterou hoje que a guerrilha se desdobra por território venezuelano sob a proteção das autoridades locais, que entregam armas e uniformes a eles.

EFE |

Em declarações ao programa da "Caracol Radio", o guerrilheiro desmobilizado Víctor Antonio Leones, assegurou que pelo menos 200 rebeldes estavam pela Venezuela com apoio das forças militares do país.

"Atravessar pela Venezuela é normal já que o Exército venezuelano não persegue a guerrilha. Recebíamos munição e uniformes cujos rótulos diziam 'Feito na Venezuela'", disse o ex-guerrilheiro.

Leones disse ainda que comandantes rebeldes do Secretariado das Farc tinham acampamentos nesse país e que, inclusive, contavam com várias pessoas que, de certa forma, os auxiliavam.

"A guerrilha sempre fala bem do presidente (venezuelano, Hugo) Chávez", afirmou. EFE fer/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG