Ex-guerrilheiro checheno é assassinado no centro de Moscou

Moscou, 24 set (EFE).- O ex-deputado da Duma (Parlamento russo) e antigo comandante da guerrilha chechena Ruslan Yamadaev, foi assassinado hoje em pleno centro de Moscou, informou o Ministério do Interior da Rússia.

EFE |

Um desconhecido se aproximou do carro de Yamadaev que estava estacionado em frente a um semáforo e atirou com uma pistola no ex-deputado, que morreu na hora, disse a fonte à agência "Interfax".

Antes de fugir, o atacante também disparou e feriu gravemente outro ocupante do carro, o general reformado Serguei Kiziun, que foi hospitalizado.

Yamadaev, de 47 anos e que já tinha sofrido vários atentados, é membro do clã do mesmo nome que passou para o lado de Moscou em 1999, após combater as forças russas no conflito de 1994-1996.

Depois exerceu vários cargos de responsabilidade na República e foi eleito deputado da Duma pelo partido governista Rússia Unida (2003-07). EFE io/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG