Ex-guerrilheira diz que Chávez se reuniu com as Farc em território colombiano

Bogotá, 17 abr (EFE).- Uma ex-guerrilheira identificada como Sara Morales e que se desligou há dois anos do grupo assegurou hoje que o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, se reuniu em várias oportunidades com membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), em território colombiano.

EFE |

Sara, em uma entrevista à "Rádio Caracol", disse que os encontros clandestinos teriam acontecido entre o governante venezuelano em 1998 com Rodrigo Echeverry, conhecido como Timoleón Jiménez, em uma zona de fronteira com o departamento de Santander.

"'Timoleón Jiménez' foi a pequenas reuniões, porque na época era coordenador de blocos. Foi até Ocaña (norte de Santander), onde manteve reuniões com Hugo Chávez, embora isso acontecesse muito internamente", disse a ex-guerrilheira.

Sara acrescentou que "esse senhor 'Timoleón' trocou de nome pelo de 'camarada Pedro'".

"Timoléon Jiménez" é um dos membros do secretariado ou máxima hierarquia das Farc.

A mulher denunciou, além disso, que a guerrilha recebeu ajuda militar das mãos de Chávez antes de chegar à Presidência venezuelana.

"Em outras épocas, não lembro as datas, muitos fuzis foram entregues a outras frentes; acho que do Bloco Oriental e do Bloco Sul (das Farc). Não me contaram, porque isso não se conta, mas isso se vê, e não foi em território venezuelano. Ele esteve em Ocaña e perto do Río de Oro", disse Sara à rede de emissoras. EFE rrm/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG