Ex-governador solto pelas Farc ganha proteção especial do Governo

Bogotá, 4 fev (EFE).- O Governo colombiano dará proteção especial ao ex-governador Alan Jara, libertado nesta terça-feira após passar quase oito anos em poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), anunciou hoje o ministro do Interior e de Justiça, Fabio Valencia.

EFE |

Jara, ex-governador do departamento de Meta (centro), foi sequestrado em 2001 pelas Farc, que o entregaram ontem a uma missão humanitária nas selvas do sul da Colômbia.

"Jara e sua família poderão gozar de toda a liberdade que durante sete anos os terroristas lhe tiraram", declarou Valencia.

O ministro acrescentou que o esquema de segurança foi oferecido pelo presidente Álvaro Uribe e será extensivo aos familiares do ex-refém.

Valencia também disse que o Ministério do Interior e Justiça já entrou em contato com Claudia Rugeles, mulher de Jara, para informá-lo da proteção.

Ainda de acordo com o ministro, o Governo "oferece plenas garantias" para que Jara possa desenvolver atividades pessoais, familiares ou políticas.

Ontem, o ex-governador criticou o presidente por não fazer nada para que as Farc libertem seus reféns.

Além disso, pôs em dúvida a efetividade da política de "segurança democrática" do chefe do Estado e ressaltou que as Farc não estão derrotadas. EFE gta/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG