Ex-general iraquiano é assassinado em emboscada em Mossul

Bagdá, 12 mai (EFE).- O ex-general iraquiano Rakan Aziz morreu na segunda-feira à noite ao ser baleado por vários desconhecidos em um bairro da cidade de Mossul, cerca de 400 quilômetros ao norte de Bagdá, informaram hoje fontes do Ministério do Interior iraquiano.

EFE |

Além disso, um suposto insurgente morreu devido ao impacto de um foguete disparado de um helicóptero militar americano contra a casa onde estava escondido, na área de Hamam al-Alil, cerca de 25 quilômetros ao sul de Mossul.

As fontes disseram que, além disso, três soldados iraquianos ficaram feridos devido à explosão de uma bomba em uma zona rural situada perto de Baquba, capital da província de Diyala, ao nordeste de Bagdá.

Um civil também ficou ferido em um ataque cometido por um grupo de desconhecidos no sul de Baquba, acrescentou a fonte.

Além disso, forças iraquianas, com apoio de tropas americanas, detiveram 11 supostos insurgentes em operações realizadas na madrugada passada em diversas áreas de Diyala, dentro do plano de segurança que começou há mais de uma semana nessa área. EFE ah-aj/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG