Ex-generais argentinos pegam prisão perpétua por crimes na ditadura

Buenos Aires, 28 ago (EFE) - Os ex-generais argentinos Antonio Bussi e Luciano Menéndez foram condenados hoje à prisão perpétua pelo seqüestro, torturas e desaparecimento de um ex-senador durante a última ditadura militar na Argentina (1976-1983).

EFE |

EFE ms/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG