Istambul, 13 mai (EFE).- O Exército turco afirma que matou onze militantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) no norte do Iraque, informou hoje a agência privada de notícias Dogan.

Esses 11 militantes do PKK e outros 19, de cuja morte se informou há quatro dias, faziam parte, segundo as fontes, do mesmo comando que atacou uma delegacia na província turca de Hakkari.

Na noite da sexta-feira passada, um comando do PKK formado por cerca de 50 militantes atacou uma delegacia em Hakkari, região fronteiriça com o Iraque, matou dois membros das forças de segurança turcas e fugiu logo depois para o país vizinho.

Antes que conseguissem atravessar a fronteira, os militares turcos, com apoio aéreo, mataram 19 militantes do PKK, mas, durante a operação, também morreram quatro soldados turcos. EFE Amu/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.