Exercito sudanês diz que responderá a ataques de rebeldes de Darfur

Cartum, 12 jan (EFE).- O Exército sudanês advertiu hoje em comunicado aos rebeldes do norte de Darfur, no oeste do Sudão, que responderá a qualquer ataque contra as tropas governamentais na região.

EFE |

"O Exército sudanês acata o cessar-fogo, mas não duvidará em reprimir qualquer tentativa dos rebeldes de desestabilizar a situação na região", afirmou o porta-voz militar, general Osman al-Ajbash.

O porta-voz se referia ao cessar-fogo unilateral, declarado em novembro do ano passado pelo presidente sudanês, Omar Hassan al-Bashir, que foi rejeitado pelo principal grupo rebelde de Darfur, o Movimento para a Justiça e a Igualdade (MJI).

"Agiremos contra qualquer ofensiva com a dissuasão necessária para garantir a segurança do país e de seus cidadãos", afirmou Ajbash.

Cartum e os rebeldes não conseguem definir um acordo de paz em Darfur, onde explodiu um conflito armado quando dois grupos se rebelaram contra o Governo central há cinco anos, período no qual morreram mais de 300 mil pessoas.

As negociações de paz incluíram tréguas assinadas pelas duas partes, que costumam ser rompidas pouco tempo depois devido às acusações recíprocas de violação dos acordos. EFE az/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG